Apresentação das Celebrações dos

40 anos do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém

Lisboa, 18 de fevereiro – Este ano, o Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, o mais antigo festival nacional de gastronomia, celebra quatro décadas de existência. 40 anos de histórias e sabores daquilo que de melhor se faz em Portugal. Para celebrar este marco histórico, as celebrações estendem-se até dezembro, visando a promoção de um concelho que reforça anualmente a importância da gastronomia, da memória e dos sabores do nosso património.

O arranque das celebrações decorreu esta segunda-feira, dia 17 de fevereiro, em Santarém, na Casa do Campino. Ricardo Gonçalves e João Teixeira Leite, Presidente da Câmara Municipal de Santarém e o Presidente do Concelho de Administração da Empresa Municipal Viver Santarém, respetivamente, assinalaram o início das festividades, revelando a Programação das celebrações do festival que pretende marcar a sua posição como o evento de referência do universo da gastronomia no nosso país.

A iniciativa teve início com uma prova de vinhos da Adega Cooperativa do Cartaxo, seguida da apresentação oficial do Programa da Celebração dos 40 Anos do Festival, na qual foram divulgadas as diferentes ações, a decorrer ao longo do ano. O evento prosseguiu com o almoço com a Ordem da Cabidela, articulado pelo chef Rodrigo Castelo, embaixador de Santarém e da Gastronomia do Ribatejo. Para finalizar, decorreu um momento vínico “às mãos dos chefs” pela Adega Cooperativa do Cartaxo com chefes convidados de todo o país.

Este ano o Festival decorre de 16 de outubro a 1 de novembro, e tem como tema central a celebração dos seus 40 anos de existência, prometendo pôr à prova os melhores sabores das diversas regiões de Portugal. Em 2020, no âmbito da celebração do 40º aniversário o evento não se vai limitar a estas datas. O Programa das Celebrações dos 40 anos do Festival Nacional de Gastronomia decorre entre Fevereiro e Dezembro de 2020, através da realização de dezenas de iniciativas e eventos de amplitude regional e nacional.

Entre estes acontecimentos destacam-se o “Dia Nacional da Gastronomia”, o evento “Portugal à Mesa em Santarém”, a presença de com um stand em formato de cozinha na BTL e na Feira Nacional de Gastronomia, o lançamento do Guia Gastronómico, diversas conferências ao longo do ano, e o próprio Festival Nacional de Gastronomia que, no ano em que celebra a 40ª edição, terá um formato temporal maior.

Em 2020, Santarém pretende reforçar o seu estatuto de Capital Nacional da Gastronomia Portuguesa “Em 2020, Santarém vai ser o maior e mais diversificado restaurante de Portugal”. A frase, dita pelo presidente da Câmara Municipal de Santarém, Ricardo Gonçalves, reforçando ainda que “Santarém é há 40 anos o palco privilegiado da gastronomia portuguesa, num acontecimento que reúne a oferta gastronómica do nosso país, tão rica e variada quanto a sua paisagem, e a sua forte tradição vitivinícola, com reconhecida excelência e qualidade dos seus vinhos, trazendo a Santarém os melhores gastrónomos e sabores do país, numa seleção de restaurantes de norte a sul e ilhas.”, refere Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém.

 

“Este é o primeiro Festival gastronómico do nosso país e o único que ainda hoje tem uma dimensão verdadeiramente transversal, quer pela ligação inequívoca entre tradição e modernidade, quer pela dimensão nacional. O Programa das celebrações que, hoje apresentamos, evidencia o reforço da estratégia da afirmação da Capitalidade de Santarém em torno deste importante património que é a Gastronomia”, acrescenta João Teixeira Leite, Presidente do Conselho de Administração da Empresa Municipal Viver Santarém.